IPANEMA Porto Alegre

O bairro Ipanema foi criado por lei que data de 1959. Suas origens remontam ao início da década de 1930, quando Ipanema não passava de uma grande zona rural de Porto Alegre. Locais vizinhos como a Pedra Redonda, Tristeza e Cavalhada já apresentavam ocupação anterior a esta data, mas Ipanema ainda era uma região desabitada. Dessa forma, Oswaldo Coufal comprou uma parte da propriedade então pertencente a Otto Niemayer, para em seguida dividi-la em lotes. O bairro era caracterizado por ser uma zona de cultivo de arroz, milho, aipim e frutas, além da presença de gado leiteiro. Toda essa produção era obtida através da irrigação que o Arroio Capivara proporcionava à região. A única possível via de acesso ao Ipanema era pela Estrada da Cavalhada.

O bairro foi assim batizado por Oswaldo Coufal, que desejava homenagear a homônima praia de Ipanema, na capital carioca. Com a chegada dos primeiros moradores ao local, a ideia da construção da Igreja de Nossa Senhora Aparecida tomou corpo em 1937, com o forte incentivo de Dea Coufal (esposa de Oswaldo e hoje nome de uma rua do bairro). No entanto, algo que parece deixar claro o quanto o bairro permaneceu ainda um tanto desconhecido é o fato de que o primeiro pároco da Igreja assumiu seu posto apenas em 1959. Com estilo espanhol colonial, da Igreja parte a tradicional procissão dos motoqueiros, no dia 12 de outubro.

Durante as décadas de 50 e 60, Ipanema passou a ser um bairro não apenas de veraneio, mas também residencial. Moravam às margens do Guaíba alguns dos profissionais liberais mais bem sucedidos da capital, como médicos e advogados, o que dava um caráter aristocrático ao bairro. Por estas características balnearias, o bairro se tornou local de varias sedes campestres, como a da AABB e a da Fundação Rubem Berta. No entanto, ao final da década de 60, a região perde sua balneabilidade devido aos progressivos problemas de poluição que começavam a criar dificuldades em Porto Alegre.

 Curiosidades e atrações:

  Além da praia de Ipanema e seu calçadão, a ciclovia e os bares próximos a orla do Guaíba, ainda encontra-se em Ipanema o Parque Natural do Morro do Osso. Localizado entre os bairros Tristeza, Camaquã e Ipanema, do alto de seus 143m, com uma visão panorâmica de mais de 200 graus, é possível avistar o Lago (Rio) Guaíba, a Praia de Ipanema, o Centro de Porto Alegre e alguns morros. 

Parte do morro, incluindo seu topo, demarca, nos seus 57 ha, o Parque Natural do Morro do Osso devendo ser ampliado para 114 ha. O parque dispõe de sede, com um auditório para atividades educativas, serviço de guarda-parques e programa de educação ambiental. Também possui trilhas e visitas orientadas que ocorrem em dias e horários específicos.

 

Fontes: Dimóvel e Prefeitura Municipal de Porto Alegre.


IMÓVEIS NO BAIRRO IPANEMA