Dicas de como pintar paredes

Se você quer renovar a decoração da sua casa, sem precisar investir muito, pintar as paredes ou uma delas, pode ser a sua solução. Confira as nossas dicas e você ficará satisfeito com o resultado:

1. Fique de olho na previsão do tempo: não procure pintar com clima úmido, nem em dias muito quentes, quando a tinta não espalha e pode até deixar manchas. Portanto, evite pintar em dias com umidade abaixo de 10%.

2. Prepare tudo: use roupas e tênis velhos. Tome muito cuidado com os móveis que estão no ambiente, afaste-os. O ideal é colocá-los no centro do espaço e cubra-os com um lençol ou lona. Em seguida, cubra o chão perto das paredes que vão ser pintadas para evitar respingos no piso. Depois, coloque fita crepe nos cantos, rodapés e lugares onde você não quer aplicar tinta. E não se esqueça de remover espelhos, interruptores e tomadas - caso não consiga fazer isso, isole-os com fita crepe.

3. Tenha tudo às mãos: tinta na cor escolhida (na internet você consegue calcular o quanto vai usar de tinta), pincel (trincha), rolo de lã, bandeja para tinta, lixas de parede, fita crepe grossa, misturador de tinta, papelão (de preferência) ou jornais para forrar o chão e os móveis, pano de chão ou vassoura de pelo e escada.

4. Limpe bem antes de começar: verifique se há umidade, mofo ou estufamentos. Faça pequenos ajustes, como raspagem (se houver descamação) e aplique massa corrida (se tiver furos ou depois da raspagem), se necessário.  Se a parede estiver em bom estado, um lixamento prévio é suficiente. Se for pintar portas, passe vaselina líquida nas dobradiças e cubra as maçanetas com papel alumínio.

5. Prepare a tinta: lembre-se de escolher um produto de boa qualidade. Abra a tinta e use um misturador para mexer. Despeje a tinta na bandeja e dilua em água seguindo as instruções da embalagem e mexendo bem novamente.Tintas da mesma cor, mas de lotes diferentes, podem apresentar diferenças de tonalidade. Por isso se for ocupar mais de um galão, misture as tintas para obter uma tonalidade uniforme.

 6. Comece a pintar: inicie pelos cantos e junções da parede - teto e rodapé. É melhor fazer esse processo com a ajuda da trincha. Depois com o auxílio do rolo, se faz a aplicação da tinta no restante, sempre começando de baixo para cima. Quando for utilizar o rolo, pinte a parede formando um “N” do chão até o teto. Depois é só voltar com o rolo e preencher os espaços cobrindo toda a superfície. E não se assuste se a primeira demão não cobrir a parede totalmente.

 7. Pinte novamente: mais ou menos três horas depois, faça de novo o contorno rente à fita crepe com o pincel e passe a segunda demão com o rolo. Caso a cobertura ainda não fique boa, espere mais três ou quatro horas e parta para a terceira demão.

 8. Finalize: terminada a última demão, antes que ela seque por completo, retire toda a fita crepe. Lave o material – como pincel, rolo, bandeja – com água corrente e seque bem antes de guardá-lo. Assim que a parede estiver totalmente seca, provavelmente depois de três ou quatro horas, limpe o chão e ponha tudo no lugar.